Ainda inspirada pelas sessões que tive ontem… hoje tive de te escrever!

Porque é que algumas pessoas conseguem atingir Objectivos Ousados e Outras não?

Existem vários motivos para uma grande generalidade de pessoas na sociedade não terem os resultados que mais querem, mas um principal é a forma como encaram os seus objectivos.

Quando as pessoas têm algo que querem atingir mas que acham que é muito OUSADO, muito GRANDE, com RESULTADOS acima do que alguma vez “sonharam” atingir… a maior parte das pessoas tende a olhar para esse objectivo com esta sensação:

“Wow.. isto é difícil, vai ser complicado, não sei se consigo”

Primeiro, a única parte “mais difícil” e “Complicada” é a forma como tu estás a olhar para os teus objectivos

Os objectivos são objectivos. Ponto final. Pode ser “dar a volta ao mundo” ou “sustentar um filho até ele ser adulto sem que lhe falte nada todos esses anos”. São simples objectivos! AGORA a forma como tu está a olhar para eles, é que vai fazer toda a diferença.

Imagina que o que tu queres atingir neste ano é muito OUSADO. É algo que nunca fizeste antes, algo que nunca atingiste antes…

Aqui entre nós antes também não sabias andar e agora andas… antes também não sabias conduzir e agora conduzes, antes também não sabias fazer o trabalho na empresa onde trabalhas e agora fazes… antes não garantias a sustentabilidade das tuas contas de casa e agora garantes!

Agora pensas ao ler este artigo, mas Sandra isso é fácil comparado com o que eu quero atingir este ano.

Resposta: é fácil agora, porque já o sabes como fazer. Mas antes de saberes, imagina como te sentias?

E podes pensar também, “mas Sandra para ti que já és Coach e trabalhas com muitas pessoas é fácil, mas eu não sei se sou capaz… eu tenho medo e não sei se sou suficiente para isso”.

Resposta: eu sou uma pessoa igualzinha a ti em muitos aspetos, acredita. Mas tomei a decisão há alguns anos atrás que a minha vida era curta demais para eu não fazer dela o que quero.

Portanto, tu estás a uma decisão de distância de atingires o que mais queres. Podes tomar a decisão ou não, mas fica consciente que as 2 opções são uma decisão tua!

Importante: o medo não é um FACTO, é um pensamento apenas. Então por favor controla o teu pensamento, porque tens todo o PODER aí de fazer toda a diferença.

Se pensas “vai ser mais fácil do que eu imagino” – então vai! Mas se pensas “vai ser difícil”…então também vai.

Portanto, o que te está a impedir de atingir o teu Objectivo é a forma como olhas para ele.

 

Segundo, o mais importante ao atingires esse objectivo, não é (só) o resultado em si

Sim, claro, como Coach trabalho sempre com os meus clientes para que eles atinjam objectivos que antes achavam não conseguir. O mais importante ao atingires algo mais  ousado, não é (só) o resultado em si, mas muito mais importante, a superação que consegues em ti, as crenças que ultrapassas sobre o tipo de pessoa que és, sobre o que provas a ti mesma/o e sobre o que realmente consegues fazer, o exemplo que deixas para outros seres humanos e para as gerações que se seguem, é sobre ajudares outras pessoas com o teu exemplo e já agora, claro provavelmente a tua vida também melhora muito, a vários níveis, porque o atingiste!

Para terminar vou-te dar 2 dicas muito simples que podem fazer toda a diferença para atingires algum OBJECTIVO OUSADO este ano ou na tua vida:

1 – Entrega-te com um sentimento que vai ser bem mais fácil do que tu imaginas. Entrega-te com uma sensação de FACILIDADE (não de dureza). RESPIRA FUNDO e faz com ENTREGA, não com “pressão negativa”. Faz com a mesma entrega com que ajudas os teus filhos ou a tua família no dia-a-dia. Faz com amor por ti e por todos os que vais inspirar no caminho com o teu “simples” gesto de simplesmente trabalhares o teu objectivo, sem complicares com pensamentos que te limitam.

2  – Faz todos os dias algo para esse objectivo. Dedica atenção a esse objectivo regularmente. Tu também sabes que tens comer todos os dias para estares saudável, certo? Para os sonhos ou metas terem saúde e resultados também se têm de alimentar. Se não os alimentas, na prática, eles não vivem. ( e se não o fizeres reforças a crença que é difícil. Não que o seja, mas apenas porque tu não o puseste me prática)

Hoje tive 2 sessões de Coaching alteradas e por isso tive um tempinho para vir partilhar isto aqui contigo. Espero que gostes, que te inspire a viveres sem medos do que quer que seja e claro, que te seja útil. Que te faça refletir no que precisas, mas mais importante: que te faça dedicar, na prática, às mudanças que queres fazer, aos objectivos que queres atingir.

Gostava muito de ler os teus comentários sobre este assunto ou sobre algum desafio que estejas a ter este ano sobre esta matéria. Se fizer sentido para ti, partilha também com quem achares útil.

Bem hajas. Até breve 🙂

Sandra Ribeiro

Podes também assistir ao vídeo sobre um tema que complementa este artigo: “O QUE É PIOR PARA TI: FALHAR OU NUNCA TENTAR?”

» Todas as informações do meu trabalho podem ser encontradas em www.walkingmind.pt.

» Outros artigos ou vídeos no CANAL DA SANDRA

Sandra Ribeiro

Autor(a) Sandra Ribeiro

Life, Business & Marketing Coach

Mais artigos de Sandra Ribeiro

Junta-te ao debate 4 Comentários

  • Avatar Cecilia Rebelo diz:

    Gostei muito deste artigo, Sandra! Já tinha saudades das tuas novidades semanais no canal!
    Realmente muitas vezes nós achamos que um objectivo é muito grande e tendemos a procrastinar começar sequer a tentar atingi-lo. Quantas vezes achamos que algo é demasiado difícil até estarmos completamente embrenhados naquilo e percebermos que conseguimos dar conta do recado?! Quem nunca? Mas o medo é tramado e nem sempre conseguimos (pelo menos logo à partida) “sentir o medo e ir em frente”. Nessas alturas gosto de pensar que a vida é sábia e acaba sempre por nos “empurrar” para o caminho certo. Como, por exemplo, encontrar um artigo assim que nos dá a inspiração para dizer ao medo que nós é que somos os condutores da nossa vida, metermos a primeira e seguirmos em frente! Grata!

    • Querida Cecília, que maravilha ler o teu comentário 🙂 muito obrigada por acompanhares o meu trabalho. E que bom saber que este artigo te inspirou …também a escrever-me esta partilha. Assim sendo e aproveitando o balanço do que este meu texto inspirou: bem haja a força dentro de ti para atingires todos os teus sonhos mais ousados. Desta tua fã, um beijinho

  • Obrigada Sandra! Precisava de ler este artigo, veio no momento certo!
    Beijinhos!

Deixar um Comentário